Follow by Email

domingo, 13 de março de 2011

Abelhas

Adeus meu bem
A Deus peço o bem
Não demore!
Decole e encante
Que o mundo rode
E traga-me o canto enxame
Se arder esse néctar
Volte à rosa cambiante
Perca o juízo, ouse!
Em silêncio pouse o mel
E novamente voe
Nesse zum-zum
Inconstante

Francine Amarante





Nenhum comentário:

Postar um comentário